Falha na legislação adia sonho de Miss Mundo Surda

Thaisy Payo precisou da ajuda de um intérprete num concurso no Paraná, mas teve o pedido negado

 

Thaisy Payo - Miss Mundo Surda (Foto e divulgação MF Models Assessoria)

Thaisy Payo – Miss Mundo Surda (Foto e divulgação MF Models Assessoria)

Thaisy Payo tentou uma vaga de farmacêutica, em 2009, num concurso no Estado do Paraná, e por ser surda seguiu todos os requisitos para garantir a sua acessibilidade, como fazer um requerimento solicitando um intérprete de Libras. O pedido foi aprovado, mas quando chegou na hora da prova, o profissional foi impedido de exercer o seu trabalho, pois Thaisy não poderia ter acesso a prova na Língua Brasileira de Sinais.

A modelo surda acionou a Justiça para ter esse direito, mas o juiz Marcelo Pimentel Bertasso da 2° Vara Cível de Umuarama, no Paraná, negou o pedido. Agora, sem ter a quem recorrer, ela pede ajuda:

“Fui injustiçada, todos os dias pessoas surdas passam por situações como essa. O nosso direito (como pessoa surda) à acessibilidade é negado, situação que sempre se repete. Precisamos dar um basta, nem que seja preciso pedir ajuda às organizações internacionais.

A jovem nunca desistiu dos sonhos e foi a primeira surda brasileira a se formar em Farmácia Generalista, e também é graduada em Letras – Libras. Além de ser farmacêutica, Thaisy é atriz e modelo.

Thaisy possui diversos títulos de beleza, como o de Miss Surda Mundo 2013.Aos 25 anos, ela deixou para trás outras 48 meninas e foi eleita a surda mais bonita do mundo em Praga, capital da República Tcheca. Com um rosto delicado, 1,70m, 53kg carrega com orgulho a faixa da mais bela do mundo.

Olhando para a moça não é possível diferenciá-la de tantas outras modelos. Com exceção do problema na audição, a rotina dessa paranaense, de 26 anos, é parecida com a de qualquer outra mulher do mundo fashion: desfile, sessões de fotos e cuidados com o corpo.

Thaisy diz que beleza não é tudo o que se precisa para ser aceita: “Não é o suficiente não, é ainda pior se for surda. Precisamos lutar por nossos ideais! Ignorar muita inveja, confiar em Deus e ser feliz”, diz a moça.

Tags