Patrícia Abravanel faz declarações polêmicas no Programa Silvio Santos e é acusada de homofobia

Patricia Abravanel deixou um montão de gente infeliz com suas declarações no Jogo dos Pontinhos - Foto: Reprodução/ Instagram

Patricia Abravanel deixou um montão de gente infeliz com suas declarações no Jogo dos Pontinhos – Foto: Reprodução/ Instagram

Uma das convidadas do quadro Jogo dos Pontinhos, do Programa do Silvio Santos, no último domingo (8/5), Patrícia Abravanel fez declarações polêmicas durante a atração e acabou sendo acusada de homofobia pelos internautas.

Durante um dos bate-papos do programa, Silvio falou que não gostou muito do filme Carol (a trama aborda a relação amorosa entre duas mulheres), que recebeu indicação em seis categorias no último Oscar.

O dono do baú perguntou aos convidados se eles eram “contra ou a favor de duas mulheres se amarem como se fossem um casal”. A resposta de Patrícia, gerou maior controvérsia:

“Li numa revista que hoje um terço dos jovens se relaciona com pessoas do mesmo sexo, mesmo sem saber se a opção deles é real”, disse Patrícia.

Silvio rebateu, perguntando se há algum trecho da bíblia que fala sobre o assunto, e a apresentadora continuou:

“Não quero falar de religião. Acho que o jovem é muito imaturo para saber o que quer. Então tem que frisar que homem é homem e mulher é mulher. Não acho legal ser superliberal”, explicou.

Depois a herdeira usou o filho Pedro para dar um exemplo do que estava falando, e Silvio interviu: “Que Pedro? O meu neto? Não fala isso aqui”, disse o apresentador.

“Eu não acho legal ficar considerando tudo normal. Devemos ensinar para os jovens de hoje que homem é homem, mulher é mulher. Se, por acaso, ele tiver alguma coisa dentro dele que fale diferente, aí tudo bem. Mas o que está acontecendo hoje é que estão falando que tudo é normal, tudo é bonito. O jovem, naquela vontade de experimentar tudo, acaba fazendo coisas que ele pode eventualmente se arrepender depois. Eu sou contra ficar propagando em rede nacional. Não sou contra o homossexualismo (sic), mas sou contra falar que é normal. E outra, mulher com mulher não é tão legal assim. Não tem aquele brinquedo que a gente gosta bastante”, continuou Patrícia.

Muitos internautas ficaram indignados com as afirmações da filha do patrão, e a hashtag #patriciaabravanel e #anormaleteupreconceito foram para nos assuntos mais comentados do Twitter.

  • Rodrigo Lage

    O que é normal? Normalidade esta na cabeça de cada um, assim como se formos na China, iremos comer tipos de comida que lá é normal e aqui é exótica e/ou estranho. Pelo o que eu saiba, ninguém quer ensinar nada a ninguém, as pessoas estão apenas se descobrindo e isso que é mais gostoso. Quando o pai dela cita a Bíblia, eu me pergunto, por que eu deveria seguir um livro e os dogmas de uma religião só por que algumas pessoas foram inclinadas desde pequenas a aceitar e acreditar? Afinal de contas, o Brasil é um país que foi descoberto, prefiro afirmar que foi invadido, e que assimilou a religião dos outros, principalmente quando forçaram de certa forma aos índios a aceitarem os Dogmas deles, fazendo com que os índios deixassem sua cultura para trás, e é a cultura do nossos índios que esta a nossa verdadeira cultura. As pessoas tem todo direito de decidir o que quer, e os pais tem que ensinar aos filhos que no mundo existem gays, bissexuais, assexuado (Aquele individuo que não curte sexo), etc. O que a filha patricinha do Silvio Santos não percebeu que mostrar o mundo, não quer dizer induzir, as pessoas precisam conhecer o mundo, saber que existe e pronto, por isso muitos jovens viciam em drogas, muitas jovens engravidam cedo, elas aprendam cedo sobre o sexo, pois os pais nesta bobagem de anormalidade, preferem fazer vista grossa, e acabam aprendendo de uma maneira nada legal, mas, ensinar com coerência e sem descriminação. Pois homossexuais existem desde que o mundo é mundo, o inventor da computação moderna, que hoje faz com que você use um computador, que fez surgir os primeiros sistemas operacionais era gay, Alexandre o Grande mantinha relacionamento homossexual, e assim segue…

    • Yuma Colt

      O pior cego é aquele que não quer ver. A pessoa quer se auto enganar, pra tentar justificar uma coisa que faz. Meu amigo, comparar o ato de comer com o ato de transar com uma pessoa do mesmo sexo foi o fim da picada. Aff. Se você gosta, tudo bem, mas dizer que é normal amigo, é acreditar na própria mentira.

    • Josemir

      Me desculpe Rodrigo, não sei onde você vive. Mas estamos vivendo, de forma velada, o mesmo que os antigos doutrinadores religiosos faziam no passado. É a implantação a força de uma cultura que vai na contra mão da natureza.
      Sem querer definir o que é certo ou errado, mas a natureza diz, masculino com feminino “perpetuam a espécie”, e no ciclo da vida o princípio é a perpetuação da especie, a a razão disso é obvia.
      Tem que se entender que uma coisa é você ter seus direitos, isso segue o que esta nas leis, e leis podem ser mudadas, revogadas, adequadas e ponto final. Não precisa ser natural para ser legal. Porque não é normal a relação de dois iguais, pois isso não faz parte dos planos da natureza. Questões religiosos são para os religiosos, questão Cristã são para os Cristãos, Questão do homossexualismo são para os homossexuais.
      Já a questão da capacidade, honestidade, idoneidade são características pessoais independente se cristão, ateu, muçulmano, islâmico, mulher, homem ou seja lá o que for. O homossexual mais famoso que este país teve foi Clodovil, este sim deve ter vivido as piores discriminação quanto a sua opção sexual, tendo muitas vezes que mentir. Mas sempre foi contra essa coisa de “Orgulho Gay” e “Direito dos Homossexuais” .veja o vídeo https://www.youtube.com/watch?v=U2SvVzsu-zI

  • JANE TADEU DA SILVA

    Ela tá preocupada o que as pessoas pensam mesmo, o dinheiro em nosso País é tudo, vide os Políticos fazem pra estarem no poder, e os mais ricos deles vencem e decidem a história do País comprando as Entidades de Investigação e Mídias maiores, portanto a Patrícia Abravanel nela não vai pegar nada ela é rica.

  • mdc

    Ela domonstrou personalidade na resposta, e eu concordo com ela, quem quiser discordar está em seu direito, no entanto tentar desqualificar alguém por sua opinião é simplesmente atentar contra a liberdade individual.

  • Josemir

    Vivemos a Ditadura da opinião, brigam por liberdade cerceando a liberdade de outros. Concordo com o que ela disse. Apoiada Patrícia.